A História Dos Imperadores Romanos: Galba, Otho, Vitellius e Vespasianus


A história dos imperadores romanos é cheia de reviravoltas, traições e assassinatos! Você conhece o ano dos quatro imperadores? Veja abaixo como as moedas antigas registraram esse período sangrento do império.

 

Você também pode gostar de ler sobre:

🔹 O Que é Numismática?

🔹 As Moedas do Império Romano

🔹 Moedas Antigas Raras – Coleção Particular JAFET

 

 

 

O Ano Dos Quatro Imperadores: A História Contada Pelas Moedas!

 

 

O ano dos quatro imperadores designa o período de junho de 68 d.C. até dezembro de 69 d.C. Durante esses meses, acontece a primeira guerra civil do Império Romano. Isso marca a passagem da dinastia Júlio-Claudiana para a dinastia Flaviana:

 

O ano dos quatro imperadores romanos: a história recontada pelas moedas

 

É verdade que a expressão “ano dos quatro imperadores” se refere a um período histórico maior que 12 meses. No entanto, o ano de 69 d.C. de fato teve quatro imperadores diferentes: Galba, Otho, Vitellius e Vespasianus!

 

 

O fim da dinastia júlio-claudiana: Nero cai em junho de 68

 

 

No início do ano de 68 uma grande revolta se arma contra o Nero. O povo de Roma estava insatisfeito com a irresponsabilidade financeira e com os escândalos do imperador. Além disso, as províncias romanas também não estavam contentes com Nero. As regiões da Espanha, do Norte da África e da França se articulam e ameaçam entrar em rebelião contra o Império.

 

Moeda de Nero - Ano dos Quatro Imperadores

A moeda acima representa Nero com traços agressivos. Essa era a figura contra a qual o povo romano se rebelou.

 

 

➡️  As Moedas de Nero, o Imperador Louco – Blog da Jafet

 

 

Enganado por falsos boatos, Nero entra em paranoia e se refugia na periferia de Roma. O Senado usa essa ocasião para votar a destituição do imperador. Nero se suicida e, no mesmo dia, o poder imperial é transferido para Galba (o antigo governador da Espanha).

 

Na verdade, a morte de Nero abre um vácuo de poder dentro do Império Romano. Dessa maneira, os quatro principais governadores das províncias vão entrar e conflito para assumir o poder. Veja abaixo um mapa da divisão das províncias em 69 d.C.:

 

O Ano dos Quatro Imperadores Romanos

Mapa das províncias romanas em 69 d.C. Os quatro governadores representados acima vão tentar assumir o poder imperial.

 

 

O reinado do Imperador Galba: de junho de 68 a janeiro de 69

 

 

Contrariamente a seu antecessor, Galba era sério e conservador nas finanças do Império. Ele mandou assassinar os apoiadores de Nero e tentou acabar com o sistema de subornos que tinha sido instalado.

 

O Ano dos Quatro Imperadores Romanos- Moeda de Galba

O sestércio acima apresenta o imperador Galba com um semblante sério e obstinado. Antes de ser coroado, ele era governador da Espanha.

 

 

➡️ Clique e veja as moedas do imperador Galba – Loja Virtual

 

 

No entanto, dois complôs se armam contra Galba. O primeiro começa com as legiões da Germânia aliadas ao governador Vitellius. Eles marcham em direção de Roma para destituir Galba com suas próprias mãos.

 

O segundo complô é organizado dentro de Roma por Otho, que era ex-governador da Lusitânia. Ele suborna os exércitos de legionários e a guarda pretoriana (responsável pela proteção do imperador). Ambicioso pelo poder, Otão articula um assassinato: Galba é morto pelos seus próprios guardas em janeiro de 69.

 

 

O reinado do Imperador Otho: de janeiro a abril de 69

 

 

Otho é consagrado imperador, mas o seu reinado já começa em estado extremamente frágil. Por um lado, ele estava arruinado financeiramente por causa dos subornos usados para subir ao poder. Por outro lado, os legionários germânicos continuavam a avançar em direção a Roma.

 

Moeda do Imperador Romano Otão

O denário de prata acima foi cunhado por Otho, o ex-governador da Lusitânia que se tornou imperador por alguns meses.

 

 

➡️  Veja as moedas de Otho – Loja Virtual

 

 

O exército de Vitellius era muito mais numeroso que o exército reunido por Otho. Ele tenta atacar os germanos em Bedriacum (no norte da Itália). Ao descobrir a derrota do seu exército, Otho se suicida antes que Vitellius chegue em Roma.

 

 

O reinado do Imperador Vitellius: de abril a dezembro de 69

 

 

Assim que Vitellius assume o poder, as legiões da Judéia proclamam Vespasianus como o novo imperador. No mesmo momento, as forças leais a Vespasianus começam a avançar em direção a Roma.

 

História do Imperador Romano Vitélio

O sestércio acima retrata o Imperador Vitellius. Na legenda, a sigla “GERM” faz referência a sua ligação ao território da Germânia, onde ele foi governador.

 

 

➡️ Clique para conferir as moedas de Vitellius – na Loja Online de Moedas

 

 

Ironicamente, as legiões do imperador Vitellius são derrotadas em Bedriacum (a mesma cidade no norte da Itália onde ele havia vencido). Em seguida, o imperador pede um milhão de áureos em troca da sua renúncia ao poder. O povo se enfurece com o pedido e assassina Vitellius publicamente, jogando seu corpo no rio Tibre.

 

 

O início da dinastia flaviana: Vespasianus assume em dezembro de 69

 

 

No dia 21 de dezembro de 69, Vespasianus é coroado imperador pelo Senado. Ele funda a dinastia dos flavianos, sucedida pela dinastia dos antoninos. Juntas, as duas dinastias vão oferecer 124 anos de estabilidade política ao Império Romano!

 

 

Moeda Judea Capta do Imperador Romano Vespasiano

A moeda de Vespasianus acima é uma Judea Capta. Essa peça mostra a ligação do imperador com a região da Judéia.

 

 

➡️ Veja as moedas do Imperador Vespasianus – Loja Online

 

 

 

Quer Conhecer Mais a História dos Imperadores Romanos?

 

A história dos imperadores romanos às vezes se assemelha a um romance, às vezes a uma tragédia. É possível descobrir os episódios dessa história através do estudo das moedas antigas!

No Blog da Jafet você encontra artigos sobre diversos momentos da história dos imperadores romanos. Você também pode apreciar a beleza das peças da época através de nossa loja virtual de moedas antigas.

 


5 comentários em “A História Dos Imperadores Romanos: Galba, Otho, Vitellius e Vespasianus”


  1. Pedro Carlos da Silva Filho disse:

    Muito interessante. Gosto muito de conhecer sobre como se fazia comercio e principalmente sobre as moedas antigas.

    1. Gladston Jafet disse:

      Obrigado Pedro!!!!

  2. Sergio Sousa disse:

    As imagens falam por si só, mesmo utilizando outro suporte ou formato midiático, o homem moderno retrabalhou seus significados, e confere aos mesmos uma enorme carga psicológica. Quem não conhece a história vive de estórias que lhe contam. Se possível gostaria de conhecer mais sobre Constantino I, O grande, Helena sua mãe, Crispus, enfim um pouco mais de história do inicio de Constantinopla e as moedas que as contam.

    1. Sérgio Souza boa noite
      Obrigado pela sua mensagem e por seu pedido !!! Procuraremos dentro da nossa sequencia, escrever sobre os personagens citados acima.
      No link que passo a seguir, mais sobre a história de Constantino o grande, escrito por nós aqui na Jafet Numismatica.
      Vou mandar o link !!!
      https://jafetnumismatica.com.br/moedas-imperador-constantino-cristao/

  3. Esses imperadores foram efêmeros, exceto Vespasiano, mas no pouco tempo que ficaram no poder, deixaram sua marca. Adorei o artigo, bem explicado e devidamente datado.


O QUE VOCÊ ACHOU DESSE ARTIGO?

Deixe o seu comentário, dúvida ou sugestão! Assim a gente melhora ainda mais o nosso conteúdo. Afinal, o conhecimento se faz em conjunto 😀
Obs.: o seu e-mail não será divulgado.

um × quatro =

« voltar topo ↑