As Maiores Imperatrizes Romanas


 

As imperatrizes romanas, também chamadas de imperatrizes-consortes, eram as esposas dos imperadores. Apesar de não exercerem o poder de fato, elas tinham muita influência na corte, principalmente entre mulheres e seus filhos. Continue a leitura e conheça as principais imperatrizes do Império Romano!

 

 

Você pode querer ler depois:

As principais deusas da fertilidade

Os 4 Maiores Generais Romanos

Jesus Cristo Retratado nas Moedas

 

 

As maiores imperatrizes romanas.

 

 

Lívia Drusa

 

 

Nascida em 58 a.C., Lívia foi a primeira imperatriz-consorte romana. Possuiu o título durante todo o reinado de Augusto, seu marido e primeiro imperador romano.

 

Antes de se casar com Augusto, Lívia foi casada com outro homem com quem teve dois filhos. Um desses filhos era Tibério, sucessor de Augusto.

 

Conheça os imperadores da Dinastia Júlio-Claudiana – E-book Grátis

 

Segundo a lenda, Augusto ainda conhecido pelo nome de Otaviano, se apaixonou por Lívia à primeira vista – mesmo casado com outra mulher. Assim, o primeiro marido de Lívia foi dissuadido a se separar dela.

 

 

Moeda antiga romana que apresenta a imperatriz romana Lívia.

Dupôndio da imperatriz Lívia, como Pietas, cunhado durante governo de Tibério, em 22-23 d.C.

 

 

Lívia e Augusto ficaram casados durante 51 anos. Durante o governo de Augusto, Lívia se manteve como conselheira do esposo, pedindo-lhe favores e influenciando seu reinado – coisa rara para uma esposa romana da época!

 

Como não tiveram herdeiros, Augusto nomeou como seu sucessor, Tibério, filho de Lívia. Existem rumores de que ao invés de ter morrido de causas naturais, Augusto teria sido envenenado pela esposa. Mas esses rumores nunca foram comprovados. Lívia foi deificada durante o governo de seu neto Cláudio, 4º imperador romano!

 

 

Lívia, uma das principais imperatrizes romanas, aparece na famosa moeda do tributo citada na Bíblia.

Famosa moeda do tributo, citada na Bíblia. O denário traz o imperador Tibério no anverso e Lívia, como a deusa Pax, no reverso.

 

Veja mais moedas de Lívia – Loja Online

 

 

Faustina, a Maior

 

 

Esposa do imperador Antonino Pio, Faustina I, ou Faustina a Maior, era reconhecida e respeitada por sua beleza e sabedoria. Eles tiveram um casamento muito feliz, no qual deram à luz 4 filhos. Apenas Faustina, a Jovem (também conhecida como Faustina II) chegou a idade adulta!

 

Por toda sua vida, a imperatriz-consorte esteve engajada em ações de caridade e apoiava a educação das crianças romanas.

 

Quando Faustina I faleceu, em 140 d.C., o imperador Antonino Pio ficou muito entristecido. Ele mandou cunhar inúmeras moedas com a imagem da esposa e com a inscrição “Diva Favstina”, que significa “Faustina Divina”. A peça abaixo é uma dessas moedas:

 

 

Denário de Faustina I, uma das maiores imperatrizes romanas.

Denário datado de 141-161. Traz no reverso templo com estátua de Faustina dentro e estátuas masculinas segurando cetros para a esquerda e direita.

 

Confira as moedas dos imperadores da Dinastia Nerva-Antonina (E-book Grátis)

 

 

Faustina, a Jovem

 

 

Filha de Antonino Pio e Faustina I, foi esposa de Marco Aurélio. Algumas fontes romanas trazem uma visão negativa sobre ela. Porém, muitos historiadores afirmam que ela era muito estimada pelos soldados e pelo marido, sendo deificada após sua morte.

 

 

As Moedas de Marco Aurélio, o Imperador Filósofo (Blog da Jafet Numismática)

 

 

As poucas fontes romanas sobre sua vida trazem histórias em que ela traía o marido com marinheiros e gladiadores e ordenava assassinatos. Porém, os estudiosos acreditam que, na verdade, ela e Marco Aurélio eram muito devotos um ao outro! Em seus 30 anos de casamento, eles tiveram 13 filhos.

 

A imperatriz costumava acompanhar seu marido em suas campanhas militares, recebendo a reverência dos soldados romanos. Por isso, Marco Aurélio lhe deu o título de “mater castrorum” (mãe do acampamento militar).

 

Acompanhar o marido nessas campanhas trouxe um preço para sua saúde e, em 175, ela acabou falecendo devido a um acidente num campo militar. Após sua morte, foi deificada e teve templos dedicados em sua homenagem!

 

 

Veja moeda antiga de ouro de uma das principais imperatrizes romanas, Faustina, a Jovem.

Áureo de Faustina, a Jovem, cunhado no governo de seu pai, Antonino Pio, traz uma pomba no reverso.

 

Confira mais moedas de Faustina II na nossa Loja Online

 

 

Julia Domna

 

 

Julia Domna foi uma das mais poderosas mulheres do Império Romano. De descendência síria, foi esposa de Sétimo Severo. Ela tinha muita influência na corte romana.

 

 

Veja denário de Julia Domna, uma das mais poderosas imperatrizes romanas.

Denário de Julia Domna, datado de 195 d.C. Apresenta a deusa Fecunditas no reverso.

 

Veja as moedas de Julia Domna disponíveis à venda – Jafet Numismática

 

 

O imperador adorava sua esposa e os dois viveram um casamento muito feliz. Se casaram antes mesmo de Severo se tornar imperador de Roma. Depois que ele se tornou imperador, teve que lutar contra dois rivais ainda para manter seu poder.

 

Julia Domna acompanhou o esposo nas campanhas que este travou no oriente, algo muito incomum para a época, na qual as mulheres deveriam esperar seus esposos em casa. Em agradecimento à esposa, Severo cunhou moedas com o retrato de Julia Domna com a inscrição “mater castrorum”, que significa “mãe dos acampamentos” – como fez Marco Aurélio anos antes com Faustina, a Jovem.

 

Julia Domna tinha uma grande paixão pela filosofia. Durante o governo do marido, protegeu os filósofos e ajudou em políticas para florescer esse campo do conhecimento, que tinha sido abandonado pelas políticas dos governos anteriores!

 

 

Moeda de prata da imperatriz romana, Julia Domna, que traz o imperador Sétimo Severo no reverso.

Denário datado de 201 d.C. Apresenta a imperatriz no anverso. No reverso, traz o imperador Sétimo Severo e o filho mais velho do casal, Caracala.

 

Quando Sétimo Severo morreu, seus dois filhos, Geta e Caracala, governaram em um reinado conjunto sob a influência dessa poderosa mulher!

 

Conheça os imperadores da Dinastia dos Severso – E-book Grátis

 

 

 

Úlpia Severina

 

 

Essa imperatriz-consorte pode ter sido a única mulher a governar sozinha o Império Romano. Existem poucas fontes históricas sobre sua vida. A maior parte das informações sobre ela são derivadas de inscrições e moedas!

 

Foi esposa do imperador Aureliano, que pôs fim ao período conhecido como Crise do Terceiro Século. Após a morte do marido, há evidências de um reinado independente de curto período em 275, até a nomeação do sucessor, o imperador Marco Cláudio Tácito, no mesmo ano.

 

As moedas cunhadas em sua homenagem trazem inscrições dos títulos que ela haveria recebido em vida: “pia” (piedosa) e “mater castrorum et senatus et patriae” (mãe dos exércitos, do senado e da pátria)!

 

 

Moeda de ouro de Úlpia Severina, imperatriz romana.

Áureo romano que traz Úlpia Severina usando um diadema no anverso. Datado de 274-275 d.C.

 

 

Onde Comprar Moedas das Imperatrizes Romanas?

 

 

Aqui na Jafet Numismática você encontra moedas autênticas com frete grátis para todo o Brasil!

QUERO CONHECER AS MOEDAS DO IMPÉRIO ROMANO


Confira nossas moedas disponíveis

O QUE VOCÊ ACHOU DESSE ARTIGO?

Deixe o seu comentário, dúvida ou sugestão! Assim a gente melhora ainda mais o nosso conteúdo. Afinal, o conhecimento se faz em conjunto 😀
Obs.: o seu e-mail não será divulgado.

três × 5 =

« voltar topo ↑