4 Generais Romanos e seus Maiores Feitos


Usando táticas e estratégias a frente de seu tempo, Roma se tornou um dos maiores impérios da história. E os generais romanos foram a força motora por trás do grande sucesso militar de Roma. Veja abaixo 4 dos maiores generais romanos e suas grandes realizações!

 

 

Você pode se interessar:

Coliseu e as Lutas de Gladiadores

As Moedas de Júlio César

Batalha Romana de Edessa

 

 

Conheça 4 dos maiores generais romanos de todos os tempos!

 

 

Júlio César (100 a 44 a.C.) – Conquista das Gálias

 

 

Júlio César, com certeza, é uma das figuras mais famosas da Roma Antiga. Poucos generais exibiram o fantástico controle que César tinha sobre seus soldados!

 

Como o general imbatível que foi, Júlio César teve vários grandes feitos. Provavelmente, o mais conhecido foram as campanhas que empreendeu nas Gálias de 58 a 52 a.C.

 

 

Veja busto de Júlio César, um dos maiores generais romanos da história antiga!

Busto de Júlio César.

 

 

A mais famosa batalha contra os gauleses foi a de Alésia, em 52 a.C., que marcou o fim das Guerras da Gália com a vitória romana. No combate, os gauleses, sob comando de Vercingetórix, contavam com cerca de 300 mil homens contra 70 mil soldados romanos. Mesmo superado em número, Júlio César conduziu suas tropas à vitória, conquistando a região da Gália!

 

O general também dominou a política romana durante muitos anos, ao lado de Pompeu Magno e Crasso. Depois da vitória na Gália, seu antigo aliado, Pompeu, se tornou inimigo, e os dois deram início a Segunda Guerra da República Romana, da qual César saiu vitorioso.

 

Se tornou o homem mais poderoso de Roma, se tornando ditador perpetuamente, em 49 a.C.! Também desempenhou papel fundamental na transformação da República Romana em Império Romano!

 

 

Denário de prata romano que traz o general Júlio César como ditador perpétuo de Roma.

Denário de prata que traz Júlio César no anverso. Traz a inscrição “Ditador Perpétuo”. Datado de 44 a.C.

 

Conheça mais moedas de Júlio César (Loja Online)

 

 

Foi assassinado em 44 a.C. pelos senadores romanos, liderados por Brutus, seu próprio filho! Mais tarde, em 27 a.C., seu sobrinho-neto e herdeiro, Otávio (que depois ficaria conhecido como Augusto) vinga sua morte e se torna o primeiro imperador romano!

 

 

Agripa (63 a 12 a.C.) – Batalha de Áccio

 

 

Marco Vipsânio Agripa viveu numa época de grandes generais romanos, como Júlio César e Pompeu Magno! Ainda assim, Agripa serviu como o mais alto líder militar do primeiro – e talvez maior – imperador da Roma Antiga: Augusto César.

 

Agripa foi um dos melhores amigos do imperador Augusto durante toda a vida. Em 31 a.C., venceu a Batalha de Áccio, conhecida como a mais importante que comandou!

 

 

Veja denário romano que traz o general Agripa ao lado do imperador Augusto!

Denário cunhado em 13 a.C. Apresenta o busto do já imperador Augusto no anverso. No reverso, traz o imperador e o general Agripa sentados lado a lado.

 

Veja no nosso acervo mais moedas de Agripa (Loja Virtual)

 

 

Nessa época, a República de Roma passava por sua última guerra civil. A guerra teve início após Augusto e o senado terem declarado guerra à Cleópatra, rainha do Egito, e Marco Antônio ter traído Roma e se aliado a ela!

 

Durante a guerra, Agripa comandou a frota de Otávio na famosa Batalha de Áccio, na Grécia. Alguns historiadores afirmam que tanto a frota de Agripa quanto a de Cleópatra e Marco Antônio tinham cerca de 400 navios.

 

 

➡ Conheça as Moedas de Cleópatra e seus Amantes – Blog Jafet Numismática

 

 

Marco Antônio, que era um excelente soldado, mas não tinha experiência naval, usou como tática carregar os navios com artilharia e bombardear o inimigo. Já o general Agripa, apostou em barcos mais leves e manobráveis, o que foi essencial para fugir da investida inimiga.

 

 

Agripa foi um dos maiores generais romanos e comandou o exército de Otávio Augusto na Última Guerra Civil da República Romana.

Busto do general Agripa.

 

 

O general romano conseguiu incendiar e afundar a frota de Marco Antônio, garantindo assim uma vitória decisiva para Otávio Augusto!

 

Marco Antônio e Cleópatra haviam conseguido fugir durante a batalha, mas se suicidaram cerca de 1 ano após esse evento, quando Otávio invadiu o Egito para capturá-los.

 

 

Cipião Africano (236 a 183 a.C.) – Vitória na Segunda Guerra Púnica

 

 

Conhecido como um dos maiores generais e estrategistas da história, Públio Cornélio Cipião Africano, ganhou muitas batalhas épicas na Segunda Guerra Púnica (218 a 201 a.C.). Mas com certeza, sua maior vitória se deu na Batalha de Zama, quando venceu o general cartaginês, Anibal.

 

Cipião rumou com seu exército até o povoado de Zama, onde estava o acampamento das tropas dos cartagineses. Na batalha, ocorrida em 19 de outubro de 202 a.C., Cipião estava em desvantagem numérica. Tinha um modesto exército e vantagem de cavalaria, mas Aníbal tinha veteranos de toda a sua campanha na Itália e 80 elefantes de guerra!

 

 

Moeda antiga cunhada em Cartago, que traz o general cartaginês, Aníbal, grande inimigo do exército romano!

Um shekel e meio cunhado no estilo cartaginês, que traz Aníbal no anverso e um elefante no reverso.

 

 

A batalha começou quando Aníbal conduziu seus elefantes para destroçar a linha de frente romana. Mas Cipião era um bom estrategista e treinou seus soldados para lidar com os animais. Organizou seus homens em colunas verticais com caminhos no meio, colocou armadilhas no chão e ainda os fez tocarem trombetas assustando os elefantes.

 

Alguns elefantes caíram nas aberturas, outros foram forçados a voltar para os soldados cartagineses. Assim, a estratégia de Aníbal foi um fiasco e depois de uma batalha sangrenta e demorada, os romanos venceram.

 

 

Busto de Cipião Africano, um dos maiores generais romanos da história, que venceu Cartago na Segunda Guerra Púnica!

Busto de Cipião Africano.

 

 

Após a derrota, o senado de Cartago assinou um acordo de rendição, dando fim a uma guerra que durou quase 20 anos! Com a vitória, Roma garantiu o controle do Mediterrâneo ocidental, começou a anexar a Península Ibérica e firmou alianças no norte da África!

 

 

Lúcio Emílio Paulo Macedônico (229 a 160 a.C.) – Conquista da Macedônia

 

 

Depois da morte de Alexandre, o Grande, em 323 a.C. a Macedônia passou por diversas guerras civis que desestabilizaram o que um dia havia sido um grande reino. Após a morte de Alexandre, deu-se início a linhagem da dinastia antigônida.

 

Assim, as tensões entre Roma e Macedônia foram ganhando cada vez mais espaço. Em 171 a.C., após uma série de ações do rei macedônico, Perseu, a República Romana declarou guerra à Macedônia.

 

 

Tetradracma do último rei da Macedônia, Perseu, que foi derrotado pelo grande general romano, Emílio Paulo!

Tetradracma de Perseu cunhado na Macedônia em 179-178 a.C.

 

 

Depois de algumas batalhas, Roma ainda não havia conseguido a vitória definitiva. O povo pressionava para que fosse eleito um cônsul com experiência e habilidade militar. Assim Emílio Paulo apresentou candidatura e foi escolhido em 168 a.C., já com 60 anos de idade.

 

O general rumou para a Macedônia e pôs fim à guerra na Batalha de Pidna. A batalha marcou o fim da Macedônia como estado independente. A dinastia antigônida foi deposta e o reino foi desmembrado em 4 pequenas províncias romanas!

 

 

Veja pintura que mostra o triunfo do general romano Emílio Paulo após conquistar o reino da Macedônia!

“O triunfo de Emílio Paulo”, de 1789. Por Carle Vernet.

 

 

Onde Comprar Moedas da Roma Antiga?

 

 

Gostou de conhecer essas histórias através das moedas da época? Na Jafet Numismática você encontra moedas de personalidades importantes que fizeram parte da história da Roma Antiga:

 

QUERO VER MAIS MOEDAS ROMANAS ANTIGAS


Confira nossas moedas disponíveis

2 comentários em “4 Generais Romanos e seus Maiores Feitos”


  1. ADEMIR BITTENCOURT DA SILVA (SGT Bittencourt) disse:

    Excelente história e cunho técnico e profissional. Simples e muito explicativo.

    1. Gladston Jafet disse:

      Muito obrigado Ademir!!!!


O QUE VOCÊ ACHOU DESSE ARTIGO?

Deixe o seu comentário, dúvida ou sugestão! Assim a gente melhora ainda mais o nosso conteúdo. Afinal, o conhecimento se faz em conjunto 😀
Obs.: o seu e-mail não será divulgado.

quatro × 4 =

« voltar topo ↑