As Moedas das Viagens do Imperador Adriano


O imperador Adriano, considerado um dos ‘Bons Imperadores’ de Roma, abandonou a política expansionista de seu antecessor, Trajano. Ele preferiu investir no desenvolvimento de fronteiras mais fortes e na unificação dos povos sob seu governo.

Assim, foi um grande viajante e visitou quase todas as províncias, passando muito tempo longe de Roma. Conheça abaixo as moedas romanas da época que retrataram algumas dessas viagens!

Você também pode gostar de ler:

➡️ Os 5 Bons Imperadores e suas Moedas

➡️ As Moedas do Imperador Trajano

➡️ As Maiores Imperatrizes Romanas

Conheça as viagens do imperador Adriano através das moedas cunhadas em seu governo!

O Governo do Imperador Adriano (117-138 d.C.)

Adriano sucedeu seu pai adotivo, o imperador Trajano, após sua morte em 117 d.C. O novo imperador teve a sorte de governar numa época que agora é conhecida como a “idade de ouro” do Império Romano, período no qual reinaram os “5 Bons imperadores”.

Baixe o E-book Grátis: ➡️ As Moedas da Dinastia Nerva-Antonina

A relativa falta de ações militares em seu governo, deu a Adriano a oportunidade de se dedicar a outros objetivos. Dessa forma, construiu muitas obras públicas e fez extensas visitas políticas por todo o Império Romano.

Famosa muralha do imperador Adriano!
Parte da famosa Muralha de Adriano.

Durante os 20 anos de governo, o imperador Adriano passou muito mais tempo viajando pelas províncias do império do que em Roma! E para comemorar suas viagens e disseminar propaganda política, ele cunhou moedas com diferentes tipos de reversos para retratar essas jornadas!

A Primeira Viagem do Imperador Adriano

De 121 a 125 d.C., Adriano empreendeu sua primeira viagem. Os destinos incluíam a Britânia (atual Grã-Bretanha), Hispânia (Espanha) e partes do norte da África.

Inclusive, foi durante sua permanência na Britânia que Adriano iniciou a construção da sua famosa muralha, em 122 d.C. A muralha de Adriano tinha como objetivo delimitar a fronteira entre as terras do império romano e dos territórios germânicos.

Sestércio de bronze que homenageia a viagem do imperador romano Adriano à Britânia.
Raro sestércio de bronze, datado de 134-138 d.C. Comemora a viagem de Adriano à Britânia. Traz no reverso a recém-criada deusa, Britânia, sentada com um pé sobre uma pilha de pedras e segurando uma lança.

➡️ Conheça as moedas de Adriano disponíveis à venda – Loja Online

Nesse mesmo período, o imperador Adriano também emitiu moedas que retratavam suas jornadas pela Hispânia, Gália e África. O denário de prata abaixo é uma dessas moedas. Datado de 134-138 d.C., apresenta no reverso a deusa Hispânia reclinada segurando um ramo de louro:

Denário de prata do imperador Adriano comemorando sua viagem à Hispânia.

Já esse outro denário, que traz um belo retrato do imperador no anverso, mostra no reverso Adriano segurando um pergaminho e segurando a personificação da Gália. Curiosamente, essa mesma cena simbólica também foi gravada numa peça de bronze datada do mesmo período, só que representando a deusa África.

Denário cunhado durante governo de Adriano para homenagear sua visita à Gália.
Peça que retrata a jornada do imperador pela Gália.

➡️ Veja as moedas das antigas tribos celtas

(Blog da Jafet Numismática)

Moeda de bronze cunhada durante o reinado do imperador Adriano.
Moeda de bronze homenageando a visita de Adriano à África.

A Jornada de Adriano por Atenas

Adriano tinha verdadeiro fascínio pela cultura grega, fato que influenciou fortemente o modo como viveu durante seu reinado. Ele inclusive tentou tornar Atenas a capital cultural do Império Romano.

O sentimento era recíproco: os cidadãos atenienses tinham uma grande admiração por Adriano. Até o elegeram cidadão em 112 d.C., anos antes de ele se tornar imperador!

Assim, não é de se espantar por Adriano ter visitado essa metrópole algumas vezes durante suas viagens. A visitou em sua primeira viagem, com destino a Britânia e Hispânia. Depois, a visitou novamente quando empreendeu nova turnê pelo império de 128 a 132 d.C.

Arco de Adriano localizado em Atenas, construído pelos gregos para homenagear o imperador romano Adriano.
Arco de Adriano, construído pelos gregos para homenagear a chegada do imperador em Atenas, entre 131-132 d.C.

As viagens pela Judeia

Após deixar Atenas, em 130 d.C. teve a província da Judeia como destino. Suas ações nessa província provocaram uma nova Guerra Judaico-Romana em 132 d.C., após a partida de Adriano da província!

A peça abaixo, um sestércio de bronze, faz referência a jornada de Adriano pela Judeia. No reverso, traz o imperador de frente para a figura de Judeia, que lhe oferece um sacrifício com crianças em volta.

Moeda romana do imperador Adriano com a deusa Judeia.

A Tragédia do Cruzeiro no Nilo

Quando deixou a Judeia, o imperador Adriano embarcou rumo a uma viagem pelo Nilo. Foi durante essa jornada que seu companheiro Antínoo morreu afogado em 130 d.C.!

Medalhão grego antigo que homenageia o amante do imperador romano Adriano.
Medalhão grego extremamente raro cunhado logo após esse ocorrido. Emitido em Corinto, traz no anverso a imagem da juventude deificada. No reverso retrata o herói mitológico Belerofonte com Pégaso.

➡️ Conheça a história de Pégaso contada pelas Moedas

(Blog Jafet Numismática)

Apesar da tragédia pessoal, o imperador Adriano cunhou moedas marcando o tempo passado no Egito. O denário abaixo datado de 134-138 d.C. retrata a personificação do Egito reclinada com a figura de um íbis (pássaro nativo da região) aos seus pés:

Denário que homenageia a viagem do governante romano Adriano para o Egito.

A Última Viagem de Adriano

A última viagem de Adriano teve como destino toda a região da Síria. O imperador também retornou à Judeia para lidar com as consequências das revoltas. E por fim, visitou novamente o Egito.

Essas viagens duraram de 134 a 136 d.C, quando ele retornou à Roma via Síria. Dois anos depois, em 138 d.C., Adriano faleceu deixando como seu sucessor, Antonino Pio.

➡️ Veja as moedas do imperador Antonino Pio à venda – Loja Virtual

Hoje em dia, as moedas que homenageiam as viagens de Adriano são muito valorizadas pelos colecionadores de moedas antigas e amantes da numismática. Elas são uma parte física da história que aguça a mente a imaginar como teria sido o império romano durante o governo de Adriano!

Já conhecia essas histórias? No nosso Blog você encontra mais artigos sobre personalidades famosas na História. Já na nossa Loja Online, você encontra moedas autênticas sobre essas histórias para sua coleção.

➡️ QUERO CONHECER AS MOEDAS DISPONÍVEIS A VENDA

✔️ Frete GRÁTIS para todo o Brasil

✔️ Certificado de autenticidade com validade LIFETIME


Confira nossas moedas disponíveis

O QUE VOCÊ ACHOU DESSE ARTIGO?

Deixe o seu comentário, dúvida ou sugestão! Assim a gente melhora ainda mais o nosso conteúdo. Afinal, o conhecimento se faz em conjunto 😀
Obs.: o seu e-mail não será divulgado.

oito + 12 =

« voltar topo ↑