Afrodite (Vênus): a Deusa do Amor nas Moedas Antigas


Você sabia? A deusa do amor, Afrodite (para os gregos, Vênus para os romanos), foi uma das figuras mais veneradas na antiguidade! E, por isso, era muito representada nas artes e também nas moedas da época. Confira abaixo as moedas e lendas mitológicas dessa deusa tão aclamada!

 

 

Você também pode se interessar:

As Moedas Refinadas do Período Clássico Grego

As Maiores Imperatrizes Romanas nas Moedas

A deusa Atena nas Moedas da Grécia Antiga

 

 

Conheça as moedas antigas da Grécia e de Roma da deusa do amor, Afrodite ou Vênus.

 

 

Os atributos de Afrodite (Vênus)

 

 

Afrodite era considerada pelos gregos – e depois também pelos romanos com sua equivalente Vênus – como a deusa do amor, da beleza e da sexualidade.

 

Apesar de casada com o deus do fogo e das forjas, Hefesto, Afrodite era símbolo da liberdade sexual, dos atributos femininos e da fertilidade. Inclusive, sua figura representava o ideal de beleza feminina dessas antigas civilizações!

 

 

Escultura Vênus de Milo, uma das obras da antiguidade mais conhecidas no mundo moderno sobre a deusa do amor.

Vênus de Milo, uma das esculturas da Grécia Antiga mais conhecidas no mundo. Atribuída como autoria de Alexandre de Antioquia, encontra-se no Museu do Louvre em Paris, na França.

 

 

Assim, grande parte das lendas de Afrodite giram em torno de sua beleza e do amor. Ela punia quem ousasse comparar ou possuir sua beleza. Os mitos da Guerra de Tróia e de Eros e Psiqué são exemplos disso.

 

Seu animal sagrado era a pomba. Ela também tinha um cinto mágico onde guardava seus atributos e que faziam os homens se apaixonarem por ela.

 

 

Moeda romana do imperador Antonino Pio, que traz Vênus no anverso, sem legenda. No reverso, traz a pomba, animal sagrado da deusa, e as inicias S.C. (Senatus Consulto). Datado de 51 a 161 d.C.

Moeda romana do imperador Antonino Pio, que traz Vênus no anverso, sem legenda. No reverso, traz a pomba, animal sagrado da deusa, e as inicias S.C. (Senatus Consulto). Datado de 51 a 161 d.C.

 

Confira as moedas de Vênus disponíveis a venda – Loja Online

 

 

 

A Lenda do Nascimento da Deusa do Amor

 

 

Existem duas versões sobre o nascimento de Afrodite (Vênus). A primeira é que a deusa do amor seria filha de Zeus (Júpiter na equivalência latina), o pai dos deuses, e de Dione, a deusa das ninfas.

 

As lendas dos deuses gregos contadas pelas moedas antigas (Blog Jafet Numismática)

 

Na segunda versão, Afrodite teria nascido da espuma do mar, após os órgãos genitais de Urano (o céu) terem sido cortados e atirados ao mar por Cronos (o tempo).

 

 

Quadro o nascimento de Vênus, de Sandro Botticelli, uma das mais famosas representações da deusa do amor.

O nascimento de Vênus (1485-1486), de Sandro Botticelli, uma das mais famosas representações artísticas da deusa do amor de todos os tempos!

 

 

Afrodite e Ares (Vênus e Marte)

 

 

Apesar de ser casada com o deus ferreiro, Hefesto (Vulcano para os romanos), Afrodite mantinha diversos casos extraconjugais com mortais e também com outros deuses. E o mais famoso desses casos era com o deus da guerra violenta, Ares (ou Marte na versão latina).

 

Na antiguidade, Afrodite e Ares representavam o feminino e o masculino e a dualidade entre amor e ódio! Eles tiveram filhos: os gêmeos Fobos (o medo) e Deimos (o terror), que acompanhavam Ares nas batalhas, Harmonia (deusa da Concórdia) e Eros (o Cupido, deus da paixão).

 

Numa das lendas, Hefesto forja uma rede fina, porém indestrutível, que aprisiona Afrodite e Ares, em seu leito de amor. Hefesto então chama os outros deuses para testemunhar o adultério e a vergonha dos amantes nus.

 

 

Pintura que mostra o momento em que Hefesto, surpreende sua esposa Afrodite com seu amante Ares.

Pintura de Johann Heiss, datada de 1679, que representa Vulcano (Hefesto) surpreendendo Vênus (Afrodite) e Ares (Marte).

 

 

Moedas Gregas de Cnido

 

 

Afrodite era o emblema favorito e mais gravado nas moedas de Cnido, antiga cidade-estado da Grécia. Confira algumas dessas peças abaixo:

 

 

Tetradracama grego da deusa do amor, Afrodite, cunhado em Cnido.

Tetradracma cunhado em Cnido, em 390-340 a.C. Apresenta o busto da deusa Afrodite usando brincos e colar no anverso. Traz a cabeça de um leão rugindo no reverso.

 

 

➡ Os símbolos monetários das cidades-estado gregas

(E-book Grátis)

 

 

Hemidracama de Afrodite, deusa do amor.

Hemidracma datado de 325-300 a.C. Apresenta Afrodite no anverso e um touro no reverso.

 

 

➡ Veja mais moedas da Grécia Antiga – Loja Online

 

 

Moedas de Afrodite da Dinastia Ptolemaica

 

 

A dinastia Ptolemaica foi responsável por introduzir a cunhagem de moedas no Egito antigo, preservando o domínio grego sobre a região. E como um reino helenístico, cunhou moedas com o retrato de deuses da mitologia grega. Veja as moedas abaixo:

 

 

Hemiobol cunhado no Egito, que traz a deusa do amor, Afrodite no reverso.

Hemiobol de bronze do governante Ptolomeu I Sóter, fundador da Dinastia Ptolemaica. Traz a deusa Afrodite no anverso e uma águia no reverso. Datado de 305-282 a.C.

 

 

Descubra as moedas da dinastia Ptolemaica – Blog Jafet Numismática

 

 

Moeda antiga cnhada no Egito que traz os deuses gregos Zeus e Afrodite.

Trihemiobol de bronze de Ptolomeu III, datado de 246-222 a.C. A moeda apresenta pátina escura, com retrato de Zeus no anverso. No reverso traz estátua da deusa Afrodite.

 

 

Vênus – a Guardiã de Roma

 

 

Vênus era considerada pelos romanos a protetora de Roma. De acordo com a mitologia, com o fim da Guerra de Troia, a deusa guiou seu filho Eneias até a Península Itálica, onde seus descendentes fundaram Roma!

 

Uma das mais famosas personalidades da antiguidade, Júlio César, também tinha ligação com Vênus. A lenda conta que a Gens Julia (família do general romano) descendia da deusa. A moeda abaixo datada de 47-46 a.C., cunhada quando Júlio César já era o ditador de Roma, ilustra esse parentesco:

 

 

Moeda do general romano Júlio César, que traz a deusa do amor, Vênus.

Denário de prata que traz a deusa Vênus no anverso. No reverso apresenta Eneias carregando seu pai na fuga de Troia, quando a cidade estava sendo incendiada.

 

 

Conheça a história de Júlio César através das moedas

(Blog Jafet Numismática)

 

 

Outras Moedas romanas da Deusa do amor

 

Nas moedas romanas, a deusa Vênus aparecia comumente em reversos de moedas das imperatrizes-consortes. Veja abaixo duas dessas moedas:

 

 

Moeda antiga romana de Julia Domna, que traz a deusa do amor, Vênus, no reverso.

Antoniniano (moeda equivalente a 2 denários) raro de Julia Domna, esposa do imperador Sétimo Severo, que traz Vênus sentada num trono no reverso.

 

Conheça outras moedas da imperatriz Julia Domna à venda – Loja Online

 

 

Denário de prata da esposa do imperador Caracala com retrato da deusa Vênus no reverso.

Denário de prata de Fúlvia Plaucila, esposa do imperador Caracala. Apresenta no reverso a deusa Vênus em pé, segurando uma maçã, e seu filho pequeno, Cupido, aos seus pés. Datado de 202-205 d.C.

 

Baixe o e-book grátis: A Dinastia dos Severos

 

 

Já conhecia essas peças? Na Jafet Numismática você encontra outras moedas da deusa do amor e de outros deuses da mitologia greco-romana. Não deixe de conferir: só trabalhamos com moedas originais, com certificado de autenticidade LIFETIME (sem custo adicional!). Todas as peças possuem FRETE GRÁTIS para todo o Brasil!

 

QUERO VER AS MOEDAS ANTIGAS DISPONÍVEIS À VENDA


Confira nossas moedas disponíveis

O QUE VOCÊ ACHOU DESSE ARTIGO?

Deixe o seu comentário, dúvida ou sugestão! Assim a gente melhora ainda mais o nosso conteúdo. Afinal, o conhecimento se faz em conjunto 😀
Obs.: o seu e-mail não será divulgado.

um × 4 =

« voltar topo ↑