Elefantes nas Moedas Antigas


Fortes, inteligentes e de longa vida, os elefantes exercem fascinação no imaginário humano desde a época da Pré-História. E na antiguidade não foi diferente! Você sabia que esse fascinante animal era bastante retratado nas moedas da época?

 

Grandes governantes do mundo antigo, como Alexandre, o Grande, e Júlio César cunharam moedas que levavam esse animal. Continue a leitura e descubra os elefantes nas moedas antigas!

 

 

Você também pode gostar de ler:

Os 4 Maiores Generais Romanos

As Moedas de Teseu e o Minotauro

Animais nas Moedas da Grécia Antiga

 

 

Confira os elefantes retratados nas moedas antigas!

 

 

O Decadracma de Alexandre, o Grande

 

 

As campanhas na Índia do maior governante do mundo grego, Alexandre, o Grande, deu origem à primeira representação de elefante numa moeda grega!

 

Confira abaixo o decadracma raro cunhado em 327 a.C., provavelmente na Babilônia. Essa é uma peça em comemoração à vitória de Alexandre na Batalha de Hidaspes (326 a.C.).

 

 

Decadracma raro de Alexandre, o Grande, que traz um elefante no reverso.

Traz no reverso Alexandre com a lança na mão e montado em seu famoso cavalo, Bucéfalo, contra Poro (líder dos indianos) e um assistente, que estão montados num elefante.

 

Conheças as moedas de Alexandre disponíveis à venda – Loja Online

 

 

Alguns pesquisadores acreditam que esse pode ter sido um encontro real durante a batalha! Uma curiosidade é que cavalos se assustam pelo cheiro e som dos elefantes.

 

A peça acima, além de comemorar a vitória de Alexandre, é uma demonstração da grande coragem de seu cavalo, Bucéfalo, que morreu logo após a batalha!

 

 

O Shekel de Cartago

 

 

Durante a Segunda Guerra Púnica (218 a 201 a.C.) os elefantes eram utilizados pelos cartagineses como armas de guerra. Durante esse período, algumas moedas foram cunhadas em Cartago retratando o animal. Veja o exemplo abaixo:

 

 

O shekel cunhado em Cartago é uma das moedas antigas que retratam elefantes.

 

 

🔹Acima: Shekel cunhado em Cartago datado de 213-211 a.C. que traz a figura do elefante. Especialistas divergem sobre a identidade do homem apresentado no anverso. Alguns acreditam se tratar de Aníbal, o líder cartaginês, ou seu pai; outros dizem que é o deus Melqart.

 

 

O Denário de Júlio César

 

 

Uma das imagens de elefantes em moedas mais conhecida com certeza é a gravada no denário de Júlio César. Esse animal inclusive era o símbolo da família de César.

 

De acordo com a lenda, durante a Primeira Guerra Púnica, um ancestral recebeu o nome de César após ter matado sozinho um elefante! O nome do elefante no idioma púnico local era “Caesai”.

 

 

Veja famoso denário romano de Júlio César, que traz um elefante no anverso.

No anverso traz um elefante caminhando para a direita, uma serpente enrolada na frente e o nome CAESAR. No reverso apresenta instrumentos do sumo sacerdote: simpulum, aspergillum, securis e ápice.

 

Veja as Moedas de Júlio César do nosso acervo – Loja Online

 

 

Esse denário foi o primeiro tipo de moeda emitido em nome de César! Foi cunhado após sua campanha na Itália e sua famosa travessia do rio Rubicão em 10 de janeiro de 49 a.C., que marca a derrota de Pompeu.

 

Com base em dados de diversos pesquisadores, é estimado que tenha sido emitido cerca de 22,5 milhões dessas peças! Os símbolos sacerdotais no reverso representam o ofício de Júlio César como Pontífice Máximo (Pontifex Maximus) da religião do Estado Romano!

 

Confira mais moedas do famoso Júlio César – Blog da Jafet Numismática

 

Já o anverso foi descrito durante muito tempo como o elefante esmagando a serpente, numa representação do triunfo do bem sobre o mal. Porém, na Roma Antiga, a serpente não era símbolo da maldade, mas sim da cura.

 

Uma outra teoria é de que a serpente do anverso é uma “serpente com chifres”, que representa o trompete de guerra que era utilizado pelos gauleses. Nessa versão, o denário representaria a conquista da Gália por Júlio César.

 

Conheça as Tribos Celtas e sua Moedas – Blog Jafet Numismática

 

 

A Eternidade de Faustina, a Maior

 

 

Áureo romano cunhado após a morte da imperatriz Faustina I, no qual o elefante representa a eternidade da imperatriz.

 

 

Como esse animal pode viver de 60 a 70 anos (ou até mais), o elefante também se tornou símbolo da “Eternidade” para os romanos. Um belo exemplo disso é a peça acima, cunhada após a morte da imperatriz romana consorte, Faustina, a Maior, esposa do imperador Antonino Pio.

 

Conheça os imperadores da Dinastia Nerva-Antonina – E-BOOK GRÁTIS

 

A moeda acima é um áureo de ouro raro que traz no reverso uma carroça puxada por dois elefantes. No anverso apresenta a Diva Faustina e traz a inscrição AETERNITAS (Eternidade). Essa peça é datada de 161 d.C.

 

 

O Elefante da Comemoração de 1000 anos de Roma

 

 

Em 247 d.C. Roma comemorou o milésimo ano de sua lendária fundação (desde a época do governo de Augusto a data de fundação de Roma é tida como 21 de abril de 753 a.C.). Para a celebração, o imperador da época, Filipe, o Árabe, preparou uma grande festa no Coliseu em 248 d.C.

 

É estimado que mais de mil gladiadores e centenas de animais exóticos vindos da África – como girafas, leões, leopardos e até um rinoceronte – foram mortos diante do público no Coliseu.

 

Para marcar os mil anos da fundação de Roma, Filipe mandou cunhar a moeda abaixo:

 

 

Moeda comemorativa dos mil anos de Roma com um elefante no reverso.

Moeda romana que traz no reverso a figura de um elefante africano e a inscrição AETERNITAS AUGG, que significa “eternidade dos imperadores”. Alguns historiadores afirmam que essa é provavelmente a última moeda romana que apresenta a figura de um elefante!

 

 

Já conhecia essas moedas antigas? Na nossa Loja Online você encontra moedas de diversas civilizações da Antiguidade! Todas as peças do nosso acervo têm certificado de validade LIFETIME (sem custo adicional) e possuem FRETE GRÁTIS para todo o Brasil! Não deixe de conferir:

 

QUERO CONHECER AS MOEDAS ANTIGAS DA JAFET NUMISMÁTICA

 

  Não trabalhamos com moedas brasileiras nem fazemos avaliações de moedas.


Confira nossas moedas disponíveis

O QUE VOCÊ ACHOU DESSE ARTIGO?

Deixe o seu comentário, dúvida ou sugestão! Assim a gente melhora ainda mais o nosso conteúdo. Afinal, o conhecimento se faz em conjunto 😀
Obs.: o seu e-mail não será divulgado.

3 + nove =

« voltar topo ↑